22 de outubro de 2015

Papa cria Congregação para a Família, Leigos e Vida


O Papa Francisco acaba de anunciar, no início dos trabalhos da tarde das congregações gerais do Sínodo dos Bispos, a criação de uma congregação novo na Cúria Romana. Este organismo da Santa Sé vai substituir o Conselho Pontifício para a Família, o Conselho Pontifício para os Leigos e a Academia Pontifícia para a Vida, que não será absorvida, mas ficará dependente do novo organismo, e visa dar mais importância às questões da família dentro do governo central da Igreja Católica.

O anúncio foi feito logo após a oração que marca o início dos trabalhos, e vem na sequência de uma proposta feita pelo Conselho de Cardeais em setembro. O Papa anunciou ainda a criação de uma comissão para redigir os estatutos da nova Congregação.

À saída da aula sinodal, D. Vincenzo Paglia, presidente do Conselho Pontifício para a Família, um dos organismos que irá ser fundido na nova Congregação, mostrou-se «muito satisfeito» com a notícia, em declarações à Família Cristã. «Era uma notícia que já esperávamos, mas que nos deixa a todos muito satisfeitos», afirmou.

Em Portugal os leigos e a família já estavam unidos numa só Comissão Episcopal do Laicado e Família, criada em 2005 e que é presidida atualmente pelo bispo de Portalegre e Castelo Branco, D. Antonino Dias, um dos delegados da Conferência Episcopal Portuguesa no Sínodo que está a decorrer em Roma.

Os trabalhos desta tarde ficam também marcados pela entrega do relatório final aos participantes com direito a voto no Sínodo. Estes deverão fazer amanhã, sexta-feira, as suas propostas da alteração aos pontos do relatório, e proceder à votação, ponto por ponto, no sábado à tarde.

(notícia atualizada às 17h42 com as declarações de D. Vincenzo Paglia e com a informação sobre os trabalhos da parte da tarde)

Texto: Ricardo Perna
Foto: Ricardo Perna

0 comentários:

Publicar um comentário